Quarta, Agosto 15, 2018
redacao@fatopaulista.com.br / fatopaulista@hotmail.com Telefone: (11) 2849-1454 ::: Ano IX - Edição n º 265
Segunda, 02 Abril 2018 08:08

Com melhorias, Prefeitura mantém a ciclovia da Avenida Bento Guelfi Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

A Prefeitura de São Paulo decidiu manter a ciclovia da Avenida Bento Guelf, em São Mateus, e está promovendo uma série de benefícios para melhorar a segurança do tráfego no local.  A medida foi decidida em meio a uma série de consultas à população. 


Uma parcela do público se dizia contrária à implantação, por entender que ela afeta a segurança de quem circula pela avenida. A secretaria municipal de Mobilidade e Transportes defendeu a iniciativa com o argumento de que a medida reduziu o número de acidentes na região. 
No dia 9 de março, o vereador Gilson Barreto participou de uma Reunião Pública com o secretário municipal de Mobilidade e Transportes, Sérgio Avelleda, e com técnicos da prefeitura para debater o uso da ciclovia na Bento Guelfi. Cerca de duzentas pessoas foram ao CEU Alto Alegre, incluindo moradores e ciclistas. “É muito importante este tipo de encontro para que possamos ter uma visão mais acurada do que se passa no bairro”, afirmou o vereador”.
Uma segunda reunião foi realizada no dia 16 de março para discutir a situação. O secretário Avelleda recebeu em seu gabinete o prefeito regional de São Mateus,  Fernando Elias, o chefe de gabinete do vereador Gilson Barreto, Matias Quintino, líderes comunitários, comerciantes e moradores. No final, chegaram ao entendimento de que a ciclovia deveria ser mantida e melhorada. 
A Prefeitura já está instalando lâmpadas LED para toda a extensão da avenida. Também está implantando 21 lombadas, 6 câmeras, faixas de pedestres, 3 semáforos novos e a sinalização adequada para os motoristas de caminhões e ônibus. “Estamos acompanhando diariamente a utilização da ciclovia e o seu impacto sobre o bairro”, enfatizou o vereador Barreto. “Continuaremos firmes no nosso trabalho de fiscalização.”  

Ler 11049 vezes